Saiba como identificar combustível de qualidade

Se você abastece seu carro em qualquer posto e nunca teve problema com combustível adulterado, está com sorte. A má qualidade do combustível pode danificar componentes importantes do motor do veículo e causar grandes prejuízos com os reparos. Para evitar que isso ocorra, é preciso saber como identificar um combustível de qualidade.

Veja as nossas dicas de quando deve desconfiar de gasolina ou etanol adulterados:

 

1 - Preço muito abaixo do mercado

Quando a esmola é muito grande, você deve ficar atento. Preços muito abaixo do mercado são de se estranhar. Na maioria das vezes, aquela história do “barato sai caro” faz sentido. Escolher postos de combustíveis com preços bem abaixo dos demais pode ser arriscado devido à procedência do combustível. Em muitos casos, você poderá receber um produto de má qualidade.

 

2 - Bombas não lacradas

As bombas de gasolina e etanol devem estar sempre lacradas e com informações exigidas pela ANP (como CNPJ, endereço do posto e selo do Inmetro). Se isso não ocorrer, desconfie.

 

3 - Etanol não transparente na bomba

No caso das bombas de abastecimento de etanol, a dica é verificar se possuem um termodensímetro na lateral indicado a qualidade de etanol hidratado. Certifique-se de que ele seja transparente, sem impurezas e sem coloração. O correto é que a linha vermelha que marca a densidade do produto esteja abaixo ou, no máximo, no mesmo nível do combustível.

 

4 - Odores estranhos

Ao sentir odores estranhos saindo do escapamento dos carros que estão no posto, como cheiros de solventes e querosene, não abasteça. Se já o fez, vá o quanto antes no mecânico, pois esses são fortes indícios de adulteração.

 

5 - Peça um teste na hora

Se você estiver em um posto em que suspeita da qualidade do combustível, como consumidor, você tem o direito de pedir ao frentista que faça um teste de qualidade na hora. Todos os postos devem ter um kit para teste (o teste da proveta) e são obrigados a realizá-lo na frente do motorista. Isto é lei.

O teste vai indicar a quantidade de etanol anidro na gasolina, que pelas regras da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) deve ser de 27% para as gasolinas comum e aditivada e de 25% para as gasolinas premium. Para realizar o teste, o frentista deve adicionar 50 ml de gasolina e 50 ml de uma solução feita de água e sal de cozinha em uma proveta de 100 ml. Depois de misturados os líquidos, o etanol que estava na gasolina é transferido para a água.

Após 15 minutos em repouso, fica visível a separação dos líquidos, com a gasolina na parte superior da proveta. O certo é que o líquido branco, resultante da mistura de água, sal e etanol, preencha um volume de 63 ml. Se o volume for superior a este, a gasolina foi adulterada.

Se o resultado der adulterado ou o posto se recusar a realizar o teste, você pode formalizar uma denúncia à ANP, pelo telefone 0800 970 0267 ou no site www.anp.gov.br.

 

Como saber se você comprou combustível adulterado

Alguns sinais de gasolina ou etanol adulterados podem ser percebidos no desempenho do veículo. Veja:

Falha ao dar partida: apesar de não representar necessariamente um problema no combustível, essa falha pode ser um primeiro sinal de que há algum erro nesse sentido.

Perda de potência: o motor pode ter perda repentina de potência, apresentando barulhos incomuns, engasgos, trancos no motor e falhas no escapamento. Fique de olho sempre que isso ocorrer e, por via das dúvidas, procure o seu mecânico quando os sintomas começarem.

Aumento de consumo: caso tenha mudado de posto e tenha percebido um consumo maior do habitual, vale a pena se atentar. Anote o consumo neste período para comparar com os próximos e, caso isso se comprove, vale a pena evitar o posto de combustível.

Óleo lubrificante contaminado: solicite ao mecânico uma verificação no óleo lubrificante do motor. Se o óleo que saiu do cárter apresentar contaminação, o seu carro pode ter sido realmente abastecido com combustível adulterado.

 

Gostou das dicas? Então não deixe de ler o post sobre como economizar ainda mais o combustível!

compartilhe:

Outras Dicas e notícias
sobre carros

acompanhe nossas redes sociais
© TgPoli 2019. Todos os direitos reservados