Calibragem dos pneus é essencial para a conservação do carro

Todo proprietário de carro deseja que o automóvel tenha a maior durabilidade possível. Afinal, o custo de um veículo é considerável se pensarmos no contexto da média salarial do trabalhador brasileiro.  Desse modo, as estratégias de conservação são fundamentais para que o carro ofereça suas funcionalidade por mais tempo e da forma mais eficiente.

Entre os elementos presentes na lista de checagem permanente do automóvel, o cuidado com os pneus é essencial. Por isso, vamos responder aqui quatro perguntas muito importantes sobre o processo de calibragem.

 

Por que devo calibrar os pneus?

A calibragem dos pneus é fundamental, primeiramente, para garantir a segurança dos ocupantes do carro, pois tem a função de regular a pressão de ar em cada pneu.  Um carro que rode com pneus em diferentes níveis de pressão, ou seja, descalibrados, tem maior risco de perder aderência ao solo. Desse modo, em caso de curvas, desvios repentinos, frenagens buscas e pisos molhados, são grandes as chances de perda da dirigibilidade.

Ao mesmo tempo, manter os pneus calibrados aumenta a eficiência no funcionamento do carro. Manter o carro com os pneus na pressão adequada faz com que o carro percorra as distâncias gastando menos combustível, além de garantir uma maior via útil para os próprios pneus.

 

Qual a pressão correta para os pneus do meu carro?

Os fabricantes indicam a pressão correta de cada modelo e, além disso, há uma variação da pressão dependendo da carga a ser carregada ou do número de ocupantes dentro do carro. Via de regra, quanto mais peso o carro carregar, maior será a pressão nos pneus. Mas não há um valor universal. Por isso, existem três maneiras de se encontrar qual a pressão adequada para os pneus do seu carro.

Primeiramente, no manual do proprietário, que traz uma tabela completa de calibragem. Uma segunda opção é buscar, na internet, os guias de calibragem nas páginas oficiais das montadoras, que costumam oferecer essa informação. Na maioria dos carros, há ainda uma terceira opção: um selo que apresenta as informações de pressão relacionada à carga ou ao número de passageiros. Este selo normalmente fica na parte interna da porta do motorista, próximo ao pilar de segurança, ou na tampa de abertura do tanque de combustível.

 

De quanto em quanto tempo é necessário fazer a calibragem?

Para evitar dores de cabeça e custos desnecessários com a substituição precoce dos pneus, é importante dar atenção à periodicidade das calibragens. De forma geral, o recomendado pelos fabricantes é fazer a  calibragem dos pneus a cada 15 dias. No entanto, caso o carro seja de uso muito frequente, existe o aconselhamento para que a pressão dos pneus seja verificada a cada 500km percorridos.

 

Onde devo calibrar os pneus?

Existem dois detalhes fundamentais para garantir a eficiência a calibragem dos pneus: a certificação do equipamento calibrador e a temperatura dos pneus na hora da calibragem. Por isso, importa muito o local em que se faz esse processo. Normalmente, os postos de combustível são os locais mais comuns para se calibrar pneus. Mas também é possível fazer isso em lojas que vendem pneus ou em oficinas especializadas em serviços automotivos. O importante é verificar se o calibrador está com o selo de certificação em ordem e dentro da validade – é a garantia de que o aparelho está aferido e vai oferecer a pressão apresentada no visor.

Outro fator que vai determinar onde você deve calibrar os pneus é a recomendação de que a calibragem aconteça com os pneus frios, ou seja, tendo rodado não mais do que  3 quilômetros. Por isso dê preferencia a locais próximos da sua casa ou do seu local de trabalho, cuidando para que os pneus esfriem antes de ser calibrados.

Se você está buscando mais dicas sobre como deixar seu carro ainda mais especial, conheça os acessórios automotivos que estão em alta.

compartilhe:

Outras Dicas e notícias
sobre carros

acompanhe nossas redes sociais
© TgPoli 2019. Todos os direitos reservados